Search

Análise positiva dos dois primeiros episódios de X-Men ’97 (2024) reacende o amor pelos mutantes da Marvel

Os X-Men são conhecidos como um dos grupos mais populares de super-heróis dos quadrinhos, especialmente durante sua era de ouro nos anos 90 e 2000. Com uma animação de enorme sucesso, jogos de videogame, quadrinhos aclamados e filmes de Hollywood, os X-Men se tornaram um fenômeno cultural. A icônica animação “X-Men: The Animated Series”, que estreou em 1992 e teve cinco temporadas, foi a porta de entrada para muitos fãs que acompanhavam o programa na TV. No entanto, após quase três décadas de super-heróis dominando o cenário de entretenimento, a cultura pop enfrenta um certo desgaste no gênero. Será que a nova série “X-Men ’97” é exatamente o que os fãs precisavam?

Os primeiros episódios de “X-Men ’97” são uma continuação direta da animação original dos anos 90. Mantendo a estética clássica do desenho, mas com um toque moderno, a produção acerta em cheio ao preservar o estilo marcante da série original. A música tema foi rearranjada para uma versão mais contemporânea, e a ação nos episódios iniciais é empolgante, prometendo uma temporada cheia de emoção. Apesar disso, a narrativa se desenrola rapidamente, talvez para agradar às novas gerações que preferem um ritmo mais acelerado.

A trama gira em torno da morte do Professor Xavier e como os X-Men lidam com essa perda, com Ciclope assumindo a liderança do grupo. A perseguição aos mutantes sempre foi um dos principais temas da história dos X-Men, e isso não muda em “X-Men ’97”. Em um momento em que discussões sobre tolerância estão em alta, a série aborda questões importantes, como a coexistência entre humanos e mutantes. Enquanto alguns rotulam essas discussões como “lacração”, outros lutam pelo direito de existir e serem respeitados. A crença de Xavier na convivência pacífica entre as raças é confrontada pela visão de Magneto, que assume o papel de líder após a morte do Professor.

“X-Men ’97” traz de volta os icônicos heróis de forma envolvente e moderna, mantendo a essência que conquistou os fãs na década de 90. Os episódios “A Mim, Meus X-Men” e “O Início da Libertação Mutante” estão disponíveis no Disney+ para os fãs reviverem as aventuras dos mutantes mais uma vez.

https://cinemacomrapadura.com.br/criticas/626092/x-men-97-2024-os-dois-primeiros-episodios-revivem-com-excelencia-o-fascinio-pelos-x-men/